Santo Expedito foi martirizado na Armênia, no século II. Ele era militar, foi decapitado no dia 19 de abril de 303, sob o imperador Dioclesiano, que subira ao trono de Roma em 284.

Expedito era um líder competente. Seu cargo equivaleria hoje ao de um general. Ele se tornou famoso por manter a disciplina dos soldados e todos o respeitavam. Por outro lado, como a maioria dos soldados romanos, o Comandante Expedito tinha uma vida devassa, rodeada de luxo, prazeres e fama.

Mas um dia, tocado pela graça de Deus, vendo uma grande luz, tudo mudou em sua vida. Foi então que lhe apareceu o Espírito do mal, em forma de corvo, e lhe segredou “cras….! cras….! cras….!” palavra latina que quer dizer: “Amanhã…! amanhã…! amanhã…!”, isto é – Deixe para amanhã! Não tenha pressa! Adie sua conversão!”.

Mas Santo Expedito, pisoteando o corvo, esmagou-o, gritando: HODIE! Quer dizer: HOJE! Nada de protelações! É pra já!” É por isto que o Santo Expedito é invocado nos casos que exige solução imediata, nos negócios em que qualquer demora poderia causar prejuízo. 

Por esse motivo, Santo Expedito ficou conhecido e invocado como o Santo que resolve os problemas com rapidez, ou o Santo da última hora; além de ser o santo protetor dos militares, dos jovens, dos estudantes, dos viajantes, dos enfermos e tantos outros que invocam e pedem a sua intercessão junto a Jesus Cristo.

http://www.gladysreligiosos.com.br/advanced_search_result.php?keywords=Santo+Expedito&search_in_description=1&x=16&y=11